Olimpíadas 2016: afinal, o que nos une?

Olimpíadas 2016: afinal, o que nos une?

Rio de Janeiro, Brasil

O fato é: centenas de nações estão reunidas através do esporte, que representa um elo em comum de todas tribos, povos e raças.

Há pouco mais de uma semana, a cidade maravilhosa abriu as portas para um dos megaeventos mais importantes da história. De um lado, a expectativa à mil por hora e, de outro, o espírito de competição. Um turbilhão de sentimentos no coração de atletas e torcedores dos quatro cantos do mundo. Os Jogos Olímpicos são os primeiros a serem disputados na América Do Sul. Para alguns cariocas, além de ser um privilégio, é uma honra presenciar essa rotatividade e interação de tantas culturas reunidas com motivações similares: ver o seu país vencer! 

Praia de Copacabana, Rio de Janeiro

Praia de Copacabana, Rio de Janeiro

Não é à toa que o símbolo das Olimpíadas faz alusão à união dos países participantes de cada continente. Os anéis coloridos e entrelaçados representam, pelo menos, uma cor presente nas bandeiras das nações envolvidas. Em apenas 17 dias de disputas, homens e mulheres somam 10.500 atletas de 42 modalidades esportivas. Dentre elas, 306 medalhas presentearão grandes vencedores – sendo 136 para a categoria feminina,161 para a masculina e 9 para a mista.

E não para por aí! Aproximadamente 45 mil voluntários também estão imersos na missão. Entre eles, mais da metade são brasileiros, americanos, ingleses, chineses e russos. Sim! É importante destrinchar tais números, pois, assim, visualizamos melhor a dimensão desse momento histórico, único e tão significativo. Não importa o quão torcedor seja ou não o seu coração, nem tampouco se você vibra ou não com vitórias e derrotas decorrentes das competições. Essa mensagem também é direcionada aos que se posicionam contrários à realização do evento. O fato é: centenas de nações estão reunidas através do esporte, que representa um elo em comum de todas tribos, povos e raças. 

Os olhos do mundo no Brasil

Os olhos do mundo no Brasil

Viva a diversidade! Deus ama a multiplicidade de culturas, línguas e nações espalhadas pelo tempo e pelo espaço. Se pilares como excelência, amizade e respeito são considerados – oficialmente! – valores olímpicos, já pode-se concluir que os jogos das Olimpíadas transcendem à mera ambição de ganhar ou perder. A motivação precisa ser, então,  decodificada!

A singularidade do ser humano é obra magnífica de Cristo. O processo de construção da nossa própria identidade depende de uma infinidade de episódios vivenciados ao longo da nossa trajetória. Já parou para pensar de onde vem a necessidade de identificação? Única e especificamente da diferença. É ela que nos enriquece – em todos os sentidos. Traz vivacidade, traduz o prazer de interagir, o dom de servir, compreender, perdoar, acolher e amar. Ela nos traz autoconhecimento a partir da interação e do olhar do outro.

Difícil falar em unidade sem considerar a diversidade. São indissociáveis. Complementares. Dependentes. Há uma passagem da Bíblia que diz: “assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo” (I Coríntios 12.12). O capítulo inteiro é cheio de metáforas sobre os dons e, principalmente, a completude de cada um deles para o reino de Deus. Se ser igreja significa compartilhar a fé sob a perspectiva da coletividade, compreendemos que o que nos une é infinitamente maior do que o que poderia nos separar.

Aliás, esse é um dos maiores lemas do Alpha. A expressão simples e genuína do amor de Deus em meio à nossa prática de fé cotidiana faz parte do caminho da eternidade. Afinal, Jesus nos chamou, independentemente da nossa condição de pecador, para desvendarmos o enigma da comunhão. Isso sempre exigirá de nós uma dose de disposição e (muita!) intencionalidade para conviver em harmonia e liberdade.  

o que nos une é infinitamente maior do que o que poderia nos separar.

Diante dessa convicção, aproveitamos o gancho das Olimpíadas como uma excelente oportunidade de refletir a essência da união.  Além disso, é um tempo ainda mais oportuno para proclamarmos nossa dádiva da salvação. Contemple a diversidade! É a partir dela que, de fato, somos intimidados (e confrontados!) à empatia e, assim, nos tornamos aptos a desfrutar da vida em comunhão. O amor é um movimento contagiante que transforma e direciona o nosso olhar! Movimente-se! Porém, não se esqueça: através da mensagem da cruz, vivemos uma nova realidade, que aponta para a mesma fé, a mesma vocação, o mesmo Senhor.

Alpha Nossa Senhora de Fátima, RJ

Alpha Nossa Senhora de Fátima, RJ

Que o amor de Deus, a paz e a consolação de Cristo sejam a nossa maior satisfação todos os dias, até o dia perfeito chegar.

Tem perguntas? #VemproAlpha

Leve a #kombiAlpha para sua igreja ou paróquia por um dia!

Leve a #kombiAlpha para sua igreja ou paróquia por um dia!

A Kombi Alpha está pela cidade, em pontos estratégicos para convidar pessoas a conhecerem o Alpha, seja participando de um Alpha ou realizando.

Alguns eventos de integração como caminhadas ecológicas e picnics Alpha estão programados no Rio de Janeiro durante este mês. Confira a agenda e saiba como participar em nossas redes sociais ou escreva para o brasil@alpha.org. Contacte-nos e envolva-se nessa campanha! 

Por Andréia Coutinho.

Faça parte do time Alpha Brasil! #VemproAlpha

Want to find an Alpha near you

Try Alpha

Find out more about Alpha

Learn more